logo Grupo
Visite o site do Cine Queluz

Para você - Saúde e Nutrição

Cuidados com a Alimentação no Verão

Durante o verão, os destinos mais procurados são as praias e piscinas, que relaxam e refrescam o corpo. Mas, no meio de tanta diversão, o descuido com a alimentação acontece frequentemente, podendo causar desidratação, intoxicações alimentares, infecções e problemas gastrointestinais. “Na beira da praia as pessoas costumam consumir frituras, álcool, refrigerantes e alimentos calóricos, aumentando os riscos para a saúde”, aponta o nutrólogo Maximo Asinelli. O especialista ressalta que nessa época o organismo gasta mais energia e perde mais líquidos, por isso hidratá-lo é fundamental. “A água deve ser o líquido principal, ao contrário dos refrigerantes e bebidas alcoólicas, que devem ser ingeridos com moderação. Sucos naturais e água de coco são ótimas opções para refrescar e hidratar o corpo. A água de coco é rica em vitaminas e sais minerais e é considerada um isotônico natural que pode ser consumido por crianças e adultos”, acrescenta.

 

Na hora das refeições o ideal é dar preferência a alimentos mais leves e, principalmente, naturais. Frutas, verduras e legumes são itens essenciais e devem estar presentes no cardápio. “Estes alimentos possuem uma concentração muito alta de fibras, vitaminas, sais minerais e outros nutrientes que são vitais para as funções do organismo. Atuam no metabolismo, na imunidade e são reguladores orgânicos. Quanto mais colorido o prato for, mais nutrientes ele terá”, garante o médico.

O peixe também não pode faltar, mas nada de enriquecer seu valor calórico preparando-o frito ou a milanesa. A melhor maneira de consumi-lo é grelhado, assado ou cozido e os molhos de acompanhamento devem ser leves, com pouco óleo. “O peixe é um alimento excelente, que fornece ômega 3 – um ácido graxo que reduz o colesterol -, uma boa quantidade de proteínas responsáveis pela manutenção da massa magra, cálcio para os ossos e outros nutrientes”, explica.

Se a fome apertar, uma boa dica é fazer lanches com sanduíches naturais que possuam ingredientes como folhas verdes, tomate, cenoura, peito de peru, queijo branco, frango e atum. Nada de sobrecarregá-lo com queijo amarelo, salames ou presunto. E, se a maionese for inevitável, certifique-se de que está bem refrigerada. “Prefira fazer os sanduíches em casa, assim você terá certeza da procedência e qualidade dos alimentos. Se não for possível, fique atento ao tipo de armazenagem, refrigeração, higiene do local, visual, cheiro e sabor do sanduíche”, alerta.

Fonte: Dr. Maximo Asinelli, nutrólogo especializado em Vigilância Sanitária e Epidemiologia.


Veja mais

Mapa do site

Institucional

Para você

Tablóide

Lojas

Fale Conosco


Saiba mais sobre o Grupo Queluz

* imagens meramente ilustrativas

 

Cartões