logo Grupo
Visite o site do Cine Queluz

Dicas e notícias

Como escolher Frutas, Legumes e Verduras

Os vegetais têm poucas calorias e são ricos em nutrientes, o que os torna indispensáveis para uma alimentação saudável e equilibrada. Dê preferência aos vegetais da época, pois além de terem um custo menor, apresentam maior valor nutricional. Confira aqui os vegetais de cada estação.

Tão importante quanto consumi-los, é saber como escolher legumes, frutas e verduras de qualidade. Abaixo algumas dicas para você fazer a escolha certa.

Abacate

Como escolher: Dê preferência à fruta pesada e ligeiramente firme. Para saber se está maduro, pressione delicadamente a casca: a fruta deve estar firme, porém macia. O abacate de casca verde-claro e sem manchas é o melhor. Entretanto, a fruta pode apresentar algumas manchas de cor marrom na casca, sem que isso indique má qualidade – o defeito é apenas superficial. 

Como armazenar:  Mantenha em local fresco e arejado. Se ainda não estiver maduro, deixe-o fora da geladeira, embrulhado em jornal, para que amadureça. Nunca empilhe os abacates, pois eles amassam com facilidade. Depois de cortado, a polpa, em contato com o ar, escurece. Para evitar o problema, regue com suco de limão. E se for usar apenas metade do abacate, mantenha o caroço na outra parte, evitando a deterioração. 

Abacaxi

Como escolher: Para saber se a fruta está no ponto, deve-se retirar uma das folhas da coroa: se sair facilmente é sinal de que está madura. Também é indicado pressionar levemente a casca – se estiver muito dura, provavelmente o abacaxi ainda está verde. 

Como armazenar: A fruta madura pode ser conservada numa fruteira, em temperatura ambiente, embrulhada em papel e longe do sol. O ideal é consumi-la dentro de um ou dois dias. Depois de picada, acomode os pedaços de abacaxi numa vasilha bem fechada e leve à geladeira.

Abóbora/abóbora japonesa

Como escolher: Selecione as de casca lisa, sem manchas e sem brilho (as brilhantes indicam que o vegetal foi colhido muito cedo). Observe também o tamanho: abóboras muito grandes tendem a ser menos saborosas. Se preferir comprar o vegetal em pedaços, evite aquele que tiver manchas escuras próximas à casca.

Como armazenar: A abóbora inteira se conserva bem fora da geladeira por até duas semanas. Picada, embalada em saco plástico, dura até quatro dias na geladeira. Se preferir, os pedaços podem ser congelados crus, pré-cozidos ou em forma de purê.

Agrião

Como escolher:  Compre maços com folhas verde-escuras e talos firmes. 

Como armazenar: O agrião dura pouco e deve ser consumido logo após a compra. Guarde na geladeira, em saco plástico ou vasilha fechada por no máximo três dias. 

Alcachofra

Como escolher: Para saber se está boa para o consumo, segure-a pela base e sacuda suavemente. O talo flexível indica que ela está no ponto para ser consumida. Manchas pretas nas pontas das folhas ou na base indicam que a alcachofra já perdeu o frescor. As folhas também devem estar bem fechadas. Quando abertas, o gosto pode ser amargo e sua consistência, muito dura.

Como armazenar: Guarde na gaveta da geladeira, embalada em saco plástico, por até cinco dias. Pulverize as folhas com água antes de colocá-la na embalagem para que ela mantenha a umidade e dure por mais tempo. Depois de cozida, a alcachofra pode ser guardada no congelador. 

Almeirão (ou chicória-amarga)

Como escolher: Prefira os maços com folhas verdes, firmes e sem manchas escuras. As partes murchas e amareladas indicam que o almeirão já está velho. 

Como armazenar: Compre o necessário para o consumo imediato, pois o almeirão é delicado e estraga rapidamente. Na geladeira, embalado em saco plástico, pode ser conservado por até três dias. Fora da geladeira dura apenas um dia, isso se as folhas forem mantidas em lugar fresco, com a parte de baixo numa vasilha com água.

Batata-doce

Como escolher: Prefira as raízes mais compridas (entre 13 a 15 cm) e com diâmetro em torno de 5 cm. Devem estar firmes, com a casca fina e lisa – de preferência branca ou rosa – e sem cortes ou picadas de insetos.

Como armazenar: Pode ser conservada em lugar seco e arejado, em temperatura ambiente,- longe da luz e dos insetos, por até dois meses. Não guarde na geladeira, pois a temperatura baixa deixa as raízes escurecidas, com cheiro e sabor alterados. Mesmo o cozimento não melhora seu estado. 

Berinjela

Como escolher: Prefira a berinjela de casca fina, lisa e brilhante, de formato comprido e não muito grande. Geralmente as grandes contêm mais sementes e fibras. As folhas na extremidade da berinjela devem estar bem verdes e grudadas à casca. 

Como armazenar: Guarde-a na geladeira, dentro de embalagem plástica, por no máximo duas semanas. Conserve as berinjelas inteiras e com o “cabo” até o momento do consumo. Isso porque, depois de cortada, começa o processo de oxidação, que reduz o valor nutricional e escurece a polpa. 

Beterraba

Como escolher: Compre as beterrabas de tamanho pequeno ou médio, com folhas frescas e viçosas. Assim elas são mais saborosas e macias, além de durarem mais tempo. A casca deve ser uniforme, sem manchas ou rachaduras, e a raiz deve estar firme. Não compre a beterraba murcha. Isso é sinal de que ela está velha e fibrosa. 

Como conservar: A beterraba pode ser guardada em local fresco por até uma semana e, na geladeira, por cerca de 15 dias. Se estiver em ramo, retire as folhas e guarde-as separadamente em saco plástico. Ricas em nutrientes, as folhas e talos podem ser usados no preparo de sopas e caldos. Só fique atenta porque o tempo de vida das folhas é bem mais curto. 

Brócolis

Como escolher: Ao comprar o brócolis japonês, observe a cabeça, que deve ser firme, verde e sem manchas – áreas amareladas indicam que o vegetal está velho. Já o brócolis comum apresenta coloração verde-escura, botões das flores fechados, talos firmes e folhas frescas. Também nesse caso, flores amareladas e botões abertos significam que o produto já passou do ponto.

Como armazenar: Por ser um vegetal muito sensível e de baixa durabilidade, conserve-o na geladeira em um saco plástico perfurado por até quatro dias. Antes de guardá-lo, porém, retire as folhas murchas e as partes passadas.

Caqui

Como escolher:  Frágil, a fruta tem a casca muito fina e polpa mole. Na hora da compra, prefira o caqui mais firme e de cor uniforme e embrulhe-o em jornal para amadurecer. Observe se não há rachaduras na casca. Se houver, o processo de deterioração é mais rápido.

Como conservar: Se o caqui já estiver maduro, guarde-o na geladeira ou em local fresco. Nunca lave a fruta se não for consumi-la imediatamente, pois ela estraga com facilidade. O caqui em boas condições pode durar até cinco dias na geladeira.  

Chuchu

Como escolher: Selecione o de casca verde, sem machucados ou espinhos. A casca amarelada e sem brilho indica que o legume já está passando do ponto.  

Como armazenar: Guarde-o embalado em saco plástico, na geladeira, por até uma semana.  

Couve

Como escolher: Compre a verdura firme, com a folha verde-escura, sem manchas. Não compre a couve já picada em tirinhas. Apesar de prática, essa forma não é a ideal: assim que é cortada, a couve começa a perder nutrientes, especialmente a vitamina C. 

Como armazenar: Mantenha as folhas inteiras, sem retirar o talo. Conserve a couve em saco plástico, na geladeira, por até uma semana. 

Couve-flor

Como escolher: Prefira a redonda, com buquês firmes, compactos, de cor branca ou creme. As folhas devem estar verdes e brilhantes. A couve-flor de forma achatada desmancha durante o cozimento.   

Como armazenar:  Retire as folhas, coloque as flores em saco plástico e guarde na gaveta da geladeira por até cinco dias. 

Escarola

Como escolher:  Descarte os maços que estiverem com folhas se soltando, murchas ou queimadas. Além de fresquinhas e bonitas, as folhas de tom verde-escuro costumam ser mais ricas em nutrientes e mantêm o gosto amargo típico dessa verdura. 

Como armazenar:  Fora da geladeira, a escarola pode ser guardada em saco plástico aberto ou com a parte de baixo imersa em uma vasilha com água, em local fresco, por um dia. Na geladeira, deve ficar na parte mais baixa, em saco plástico fechado ou vasilha com tampa. Dura entre três e quatro dias. 

Espinafre

Como escolher: O espinafre é muito delicado. Por isso, escolha o maço com folhas verdes, com cor uniforme e viva, sem partes murchas. Folhas amareladas e talos escurecidos indicam que o produto está velho. Quando comprar a verdura já limpa, observe se é mantida em refrigeração no supermercado.

Como armazenar: O espinafre tem baixa durabilidade e deve ser consumido logo após a compra. Guardado na gaveta da geladeira e embrulhado em saco plástico, pode ser conservado por até três dias. É possível, ainda, congelá-lo: lave e seque bem as folhas e embale em saco plástico retirando todo o ar. Mantenha no freezer por 30 dias.

Kiwi nacional

Como escolher: Procure os frutos macios – mas não amolecidos –, com textura uniforme, semelhante à de um pêssego maduro.

Como armazenar: Conserve-os na geladeira, embalados em sacos plásticos ou papel, por até uma semana.

Laranja

Como escolher: Prefira as mais pesadas e firmes, que têm mais suco. As de casca lisa são mais suculentas.

Como armazenar: Em lugar fresco e arejado e, de preferência, fora da geladeira. Dura cerca de cinco dias. 

Laranja-lima

Como escolher: Não compre se a casca estiver manchada, opaca ou grossa. Escolha as frutas mais pesadas em relação ao tamanho e, de preferência, que ainda conservem o cabinho. 

Como armazenar: Mantenha as laranjas em temperatura ambiente, em cestas arejadas, por até uma semana. Na geladeira, elas podem durar até duas semanas.

Maçã nacional

Como escolher: Dê preferência à maçã firme e pesada. A casca deve estar lisa e ter a cor viva – quanto mais vermelha a casca, mais doce ela é. Não compre a fruta se tiver manchas ou machucados, pois nestas áreas podem se desenvolver micro-organismos prejudiciais à saúde.

Como armazenar: Quando conservada em local fresco, como na parte de baixo da geladeira, dura até três semanas.

Mamão

Como escolher: O mamão deve ter a casca firme, sem rachaduras ou manchas brancas de fungo. Veja se não há partes machucadas ou marcas de picadas de insetos. Caso não for usar a fruta verde para alguma receita específica, prefira comprar as de casca amarelada, porque o mamão nem sempre amadurece bem fora do pé.

Como armazenar: Se o mamão ainda estiver verde, guarde-o em local fresco e seco, longe de luz. Já os maduros devem ficar na parte mais baixa da geladeira e consumidos o quanto antes.

Mandioca

Como escolher: Normalmente, é vendida com a ponta cortada para que seja possível verificar a qualidade: seu interior deve ser branco, uniforme e sem manchas pretas, e a casca deve se soltar com facilidade. Se preferir comprar a mandioca já descascada, ela deve estar embalada a vácuo e indicar a data de validade.

Como conservar: A mandioca deve ser consumida logo após a compra, pois estraga rapidamente. Se estiver inteira, guarde-a na geladeira por, no máximo, dois dias. Caso esteja cortada, conserve-a descascada e em pedaços mergulhada em água, na geladeira, por até quatro dias.  

Mandioquinha

Como escolher: Prefira as firmes, sem ferimentos nem manchas escuras na casca. Se estiver soltando uma espécie de líquido pegajoso, é sinal de que já está apodrecendo. Não compre se a raiz estiver grande demais (mais de 20 cm, aproximadamente), sinal de que a mandioquinha está velha e fibrosa.

Como armazenar: Em local fresco e arejado, a mandioquinha dura cerca de dois dias. Na geladeira, embalada em saco plástico, dura de cinco dias a uma semana.

Manga

Como escolher: A manga madura exala um perfume marcante. Além disso, a fruta deve estar firme, porém macia. Prefira a fruta com casca lisa, sem sinais de batidas, rachaduras ou manchas escuras. 

Como armazenar: Guarde-a em local fresco e ventilado, e evite que sofra impacto, pois a manga amassa com facilidade. Se não estiver totalmente madura, envolva-a em jornal para acelerar o amadurecimento e protegê-la de batidas. A manga madura conserva-se por até dois dias em temperatura ambiente, e cerca de cinco dias em geladeira. 

Maracujá

Como escolher: Prefira o maracujá pesado, pois o leve tem pouca polpa. No maracujá azedo, a casca enrugada significa que já está maduro. Já o maracujá doce deve ter a casca lisa e brilhante. 

Como armazenar: Se ainda não estiver maduro, guarde-o em local arejado e seco. Mas quando maduro, pode ser conservado na geladeira por duas a três semanas. A polpa do maracujá pode ser congelada e guardada por cerca de seis meses. 

Melancia

Como escolher: A melancia de boa qualidade tem a casca firme, brilhosa e sem manchas escuras. Ela deve ser pesada em relação ao seu volume. Para saber se a fruta está madura, bata com o nó dos dedos na casca. Se sair um som “abafado”, ou surdo, ela está madura. Um som mais metálico indica que ainda está verde. Ao comprar a melancia já cortada, escolha aquelas com polpa mais vermelha e firme.

Como armazenar: Inteira, deixe-a em local fresco e arejado por até uma semana. Depois de cortar, guarde a melancia na geladeira, coberta com papel-filme ou alumínio, para que não resseque. Nessas condições, ela costuma durar de três dias a uma semana. 

Milho-verde

Como escolher: Seja na feira ou no supermercado, o milho deve ser mantido em local fresco e arejado, sob o abrigo da luz. As melhores espigas são aquelas que têm casca de palha verde e macia, grãos graúdos e brilhantes. Não compre se o produto estiver murcho e com manchas. 

Como conservar: O ideal é cozinhar o milho no dia da compra, já que as espigas são bem sensíveis. Se não for possível, conserve-as na geladeira dentro de sacos plásticos sem remover a casca de palha. Também é possível cozinhar o milho e guardá-lo cozido, retirando os grãos com auxílio de uma faca.

Morango

Como escolher: Escolha morangos médios e pequenos, bem vermelhos, com talos verdes, sem manchas ou machucados. Mas atenção: observe não só os que estão no alto da bandeja como também os das camadas de baixo. 

Como armazenar: Delicados, devem ser consumidos logo após a compra. Guarde-os na geladeira, sem lavar, para evitar a formação de mofo, por até três dias. 

Pimentão

Como escolher: Prefira os que têm cor viva e pele lisa. Escolha os pimentões com talo verde, pesados e firmes – ao pressionar a superfície com o dedo, não deve ceder. 

Como armazenar: Conserve o pimentão na geladeira por até uma semana, guardado em sacos plásticos furados, nas prateleiras inferiores.


Repolho

Como escolher: A cabeça deve ser firme, pesada e sem rachaduras. As folhas não devem apresentar manchas escuras nem perfurações. Se tiver folhas soltas, o repolho não está em perfeito estado de conservação.

Como armazenar: Conserve o repolho em saco plástico, na gaveta da geladeira, por até dez dias. Mas se estiver parcialmente cortado, guarde-o na geladeira, embalado em papel-filme, e consuma-o em até dois dias. É que depois de cortado, ele perde rapidamente a vitamina C e outros nutrientes.

Tangerina (mexerica ou bergamota)

Como escolher: Prefira as pesadas, firmes, de cor viva e sem sinais de bolor. Evite as de casca murcha. 

Como armazenar: Guarde-as em lugar fresco e arejado, fora da geladeira. Quando maduras, as tangerinas duram de quatro a cinco dias em temperatura ambiente.

Vagem

Como escolher: Prefira as inteiras, frescas e com cor verde uniforme. Não compre as murchas, com pontas escuras ou manchas. E evite as vagens com saliências – sinal de que as sementes internas estão grandes e o produto já passou do ponto, está fibroso e sem sabor.

Como conservar: Guarde-as na geladeira, sem lavar e em saco plástico, por até uma semana. 

 

Fonte: www.acessa.com.br e www.sadia.com.br


Outras dicas e notícias

Mapa do site

Institucional

Para você

Tablóide

Lojas

Fale Conosco


Saiba mais sobre o Grupo Queluz

* imagens meramente ilustrativas

 

Cartões